Exame
Imagem mostra mulher com perda auditiva bilateral
+100
Centros Auditivos
Resultados
imediatos
+130 000
clientes satisfeitos
GRÁTIS
exames auditivos

O que é a perda auditiva bilateral?

A perda de audição que afecta ambos os ouvidos é denominada de perda auditiva bilateral. Embora seja comum a perda auditiva bilateral ocorrer gradualmente com o tempo, em alguns casos (raros), esta pode ocorrer repentinamente.

Visto que a perda auditiva bilateral pode variar de pessoa para pessoa, é importante que a sua perda de audição seja avaliada por um especialista em cuidados auditivos. Adicionalmente, há outros problemas de saúde auditiva que podem ter sintomas sobrepostos com a perda auditiva bilateral, por isso, obter aconselhamento de um especialista irá garantir a solução certa para as necessidades da sua perda de audição.

Um teste auditivo seria relevante para si?

imagem mostra mulher durante um teste auditivo

Marque um teste auditivo grátis

Marque um teste auditivo grátis para descobrir se tem perda auditiva bilateral ou de outro tipo. Podemos sugerir as melhores soluções e ajudá-lo a compreender melhor o seu problema.

Questão 1 de 1
Alguma vez fez um teste auditivo?

O que causa a perda auditiva bilateral?

Saiba mais sobre os vários factores que podem causar perda de audição:

imagem mostra bebé a sorrir
Factores congénitos
A perda auditiva bilateral pode existir já à nascença. A propensão para desenvolver perda de audição pode ser herdada de um ou dos dois progenitores.
Imagem mostra mão a segurar um medicamento
Medicamentos
Alguns medicamentos, incluindo medicamentos com prescrição, podem causar danos nos ouvidos e são conhecidos como medicamentos ototóxicos.
imagem mostra homem a trabalhar
Exposição a ruídos altos
Estar exposto a sons altos, como quando vai a um concerto ou trabalha num estaleiro de obras, pode causar danos auditivos temporários ou a longo prazo.
Imagem mostra mulher com desconforto
Danos físicos
A perda de audição pode resultar de danos físicos nos órgãos auditivos, incluindo um tímpano furado ou acumulação de cera dos ouvidos.
imagem mostra pessoas felizes a olhar para audiologista
Infecções de ouvidos
Muitas pessoas, especialmente crianças, estão susceptíveis a infecções de ouvidos, o que pode causar bloqueios ou danos estruturais nos ouvidos e órgãos auditivos.
Imagem mostra mulher com a mão junto do seu ouvido
Envelhecimento
A perda de audição relacionada com a idade, também chamada Presbiacusia, é a forma mais comum de perda auditiva neurossensorial, e que pode afectar ambos os ouvidos.
Encontre um especialista em cuidados auditivos perto de si

Sintomas de perda auditiva bilateral

Tendo em conta que, muitas vezes, a perda de audição ocorre gradualmente, pode ser difícil identificar os sintomas. Quer os sinais da perda de audição sejam óbvios ou não, vale a pena obter aconselhamento profissional, mesmo que os sinais que nota pareçam insignificantes. Ser pró-activo irá ajudá-lo a receber um diagnóstico adequado o mais cedo possível, para que possa obter tratamento (se necessário). Quaisquer sintomas identificáveis podem ser um sinal de perda auditiva ligeira, moderada, severa ou profunda.

Sintomas comuns de perda de audição incluem:

  • Dificuldade em compreender outras pessoas, especialmente em ambientes ruidosos
  • Aumentar o volume da televisão mais do que o costume
  • Pedir que as pessoas se repitam
  • Depender da leitura labial para compreender o que os outros estão a dizer

Além disso, a perda auditiva unilateral é, tipicamente, mais fácil de detectar, visto que os sons serão mais altos num ouvido do que no outro. A perda auditiva bilateral pode ser identificada mais facilmente, já que o som fica difícil de ouvir em ambos os ouvidos.

imagem mostra homem e audiologista

Solução para perda auditiva bilateral

Os aparelhos auditivos modernos conseguem garantir uma experiência auditiva natural às pessoas que sofrem de perda auditiva bilateral. Os aparelhos auditivos actuais não só amplificam o som, mas enviam sinais sonoros detalhados para o cérebro, para que possa ouvir melhor e com menos esforço.

 

Na realidade, os mais recentes aparelhos auditivos conseguem melhorar significativamente a compreensão da fala e aumentar a quantidade de som transmitido para o cérebro, oferecendo uma experiência sonora mais nítida. Isto permite às pessoas com perda auditiva bilateral ouvir mais detalhes dos sons à sua volta.

 

Marque um exame auditivo grátis Soluções para a perda de audição

Tipos de perda auditiva bilateral

A perda auditiva bilateral pode ser classificada como neurossensorial ou condutiva.

Perda auditiva neurossensorial bilateral

A perda auditiva neurossensorial significa que há danos nas minúsculas células ciliadas no ouvido interno ou no nervo auditivo (responsável pela transmissão do som ao cérebro). Frequentemente, isto é causado pelo processo de envelhecimento natural ou pela exposição a sons altos.

Perda auditiva neurossensorial

Ilustração de ouvido

Perda auditiva condutiva bilateral

A perda auditiva condutiva ocorre na parte externa ou média do ouvido, onde o som é convertido em vibrações e enviado para o ouvido interno. Este tipo de perda auditiva diz respeito a problemas na transferência de ondas sonoras (devido a um bloqueio ou outro impedimento). A cera dos ouvidos excessiva, um tímpano furado ou até mesmo infecções nos ouvidos podem resultar numa perda auditiva condutiva.

Perda auditiva condutiva

Ilustração de ouvido
Martha Menéres, Audiologista - Acústica Médica

O meu nome é Martha Menéres e sou audiologista na Acústica Médica. Licenciei-me em 2007 na ESS Porto. A reabilitação auditiva é uma área da audiologia bastante gratificante, pois temos a oportunidade de ajudar cada vez mais pessoas a ouvir melhor, não só graças ao progresso científico-tecnológico a que a Oticon nos vem habituando, como através do acompanhamento clínico e humano. Na Acústica Médica tenho a oportunidade de pôr em prática a minha paixão diariamente, contribuindo para uma melhoria significativa na qualidade de vida dos nossos clientes, bem como das suas famílias, com o apoio de uma equipa multi-disciplinar sólida, experiente e com vontade de fazer a diferença a cada dia, apaixonadamente.

Fontes

1. Santurette, S., Ng, E. H. N., Juul Jensen, J., & Man K. L., B. (2020). Oticon More clinical evidence. Oticon Whitepaper.

2. EEG testing with MoreSound Intelligence in on vs off setting, from Santurette et al.

3. https://www.oticon.com/solutions/more-hearing-aids

4. https://wdh02.azureedge.net/-/media/oticon-us/main/download-center---myoticon---product-literature/whitepapers/15500-0635---oticon-more-clinical-evidence-whitepaper.pdf?rev=C108&la=en