Types_of_hearing_loss_1920x700_v1_dva

Tipos de perda auditiva

Quer a perda de audição seja genética ou se a perdemos gradualmente com a idade, obtemos resultados positivos se usarmos aparelhos auditivos.

Causas e características

Para corrigir uma perda auditiva de forma eficaz, é necessário identificar a origem da perda de audição.
3 critérios para identificar a origem:

  • Quando ocorreu?

    A perda auditiva congénita está presente no nascimento e é causada por factores genéticos, problemas de saúde materna ou lesões de parto.

     

    A perda de audição começa após o nascimento.

  • É uma condição temporária?

    A acumulação de cera no ouvido pode causar perda de audição.


    Perda auditiva induzida pelo ruído pode resultar pela exposição a um ruído muito alto durante algum tempo.

  • Em que zona do ouvido?

    Perda auditiva Condutiva geralmente é uma interrupção da passagem do som do ouvido externo ou médio, para o ouvido interno.

     

    Perda auditiva Neurossensorial ocorre quando as células ciliadas do ouvido interno ficam danificadas.

Perda auditiva Neurosensorial

Este é o tipo mais comum de perda auditiva e é geralmente permanente. Pessoas com este tipo de perda auditiva dizem que a clareza e amplificação dos sons é afectada, tornando as vozes distorcidas. Este tipo de perda auditiva é a mais comum, causada pelos processos naturais de envelhecimento, mas também por exposição excessiva ao ruído. 

 Saiba mais

grey_lines_bkg

Perda auditiva Congénita

Algumas pessoas nascem já com perda de audição, que é causada por factores, genéticos, de gravidez ou durante o parto. As pessoas com perda de audição congénita sofrem de uma perda da funcionalidade dos órgãos auditivos, que só se torna aparente alguns anos mais tarde. Uma vez que pode afectar o desenvolvimento de uma criança, é muito importante começar a corrigi-la o mais cedo possível.

Saiba mais

Demonstração Gratuita

*
*
*
*
map_pt

Encontre um
Centro Auditivo
perto de si

Encontre um Centro Auditivo